Notícias
 
( 13/09/2016 ) Professoras participam de capacitação sobre a Carta da Terra e metodologia de projetos
 


Um encontro no Instituto Estadual de Educação Maria Angelina Maggi, em Três Cachoeiras, Litoral Norte/RS, em 12 de setembro de 2016, propôs às educadoras de 11 escolas uma reflexão sobre a aplicação dos princípios da Carta da Terra em sala de aula, por meio da personagem Nina e da metodologia de projetos usada pela Teia de Educação Ambiental Mata Atlântica. Nina é a protagonista de três livros com temáticas ambientais escritos pela professora Adriane Lippert Bitencourt e publicados com o apoio do Centro Ecológico. A Carta da Terra é um documento mundial focado no desenvolvimento sustentável, no respeito à vida e à diversidade.

Neste ano, por ocasião da Feira do Livro, dias 25, 26 e 27 de outubro, quando a autora será patronesse, o livro Nina e os Passarinhos terá, com recurso da Prefeitura Municipal, uma edição extra. E para que todas as escolas possam trabalhar os conceitos dessa e das outras histórias com Nina, a Secretaria de Educação, as escolas e o Centro Ecológico pensaram nesse dia de formação.

De acordo com a secretária de Educação Elisângela Vicintainer, muitas escolas do município já desenvolvem projetos com a personagem, mas a partir do encontro todas estarão capacitadas a passar os princípios da Carta da Terra para os estudantes. Vai beneficiar os alunos, como seres humanos, considerou a secretária.

Para Silvana Justo, diretora da Escola Municipal José Felipe Schaeffer, o encontro foi muito bom no sentido de alertar para problemas ambientais que, apesar de estarem presentes no dia a dia, passam despercebidos. Nesse sentido, a professora avaliou que as educadoras têm o papel de educar, levar a pensar, porque é a conscientização que falta para mudar.

Encontro teve vários momentos para trocar e aprofundar conhecimentos

Na primeira parte da manhã, o agrônomo Laércio Meirelles falou sobre a relação da Carta da Terra com a história do movimento ambientalista mundial e os efeitos da Revolução Industrial sobre os padrões de produção e consumo. A questão climática é considerada um resumo da crise ambiental que a gente passa. E o consumo é considerado um resumo das causas dos problemas ambientais, destacou o especialista em Agroecologia.

Depois do café compartilhado e de uma apresentação musical do Santo Café, a professora Adriane Lippert Bitencourt falou sobre a metodologia de projetos da Teia Mata Atlântica. À tarde as escolas relataram experiências pedagógicas com a personagem Nina e em grupos discutiram como abordar os princípios da Carta da Terra desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

O dia de formação com as professoras de Três Cachoeiras foi organizado pelo Centro Ecológico, Teia de Educação Ambiental Mata Atlântica e Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Três Cachoeiras.


   
 

Cursos

21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br