Notícias
 
( 21/03/2007 ) Seminário Mudanças Climáticas e Soberania Alimentar destaca importância das agroflorestas
 


Apesar dos últimos 11 anos terem sido os mais quentes da história e dos desastres ambientais que vêm afetando a vida de milhões de pessoas em todo o planeta, somente em janeiro deste ano que o tema aquecimento global começou a ganhar espaço na mídia.

“O buraco da camada de ozônio continua existindo, milhares de espécies continuam sendo extintas, mas o aquecimento global virou o tema da moda”, analisou Laércio Meirelles, em sua palestra durante o Seminário Mudanças Climáticas e Soberania Alimentar, realizado na tarde de terça-feira, 20, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Três Cachoeiras. Para o agrônomo, todos os problemas ambientais da atualidade têm uma causa comum, que é a relação entre a humanidade e a natureza e aponta a importância da produção de alimentos em agroflorestas, pela sua capacidade de seqüestrar carbono da atmosfera e de aumentar o teor de matéria orgânica do solo, porque não usa uréia, inseticida, herbicida. Mas é ppreciso que este tipo de produção tenha um alcance maior, em escala de paisagem, destacou.

Após a palestra, o público assistiu a algumas partes do vídeo Uma Verdade Inconveniente.

O Seminário Mudanças Climáticas e Soberania Alimentar foi organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Três Cachoeiras e Centro Ecológico, por intermédio dos projetos Agricultura Ecológica como Instrumento para Mitigar os Efeitos das Práticas Agrícolas sobre o Aquecimento Global – apoiado pela ONG holandesa Kerkinactie e Agricultura Ecológica e Soberania Alimentar – patrocinado pela Petrobras.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br