Notícias
 
( 10/05/2015 ) Cuidado com a saúde dos filhos faz mães preferirem orgânicos
 


Para dar mais saúde e imunidade no presente, e prevenir problemas no futuro, as mães consumidoras da Feira Ecológica e da Cooperativa de Consumidores de Produtos Ecológicos de Torres (Ecotorres) não abrem mão de alimentos orgânicos. Essa alimentação mais saudável é de suma importância para o crescimento da criança, para ela ter saúde desde pequena, para ter bons hábitos , afirma a bióloga Danúbia Nascimento, mãe de de Eryka Sophia, de cinco anos. Para Danúbia os bons hábitos devem incluir o consumo de orgânicos, pra não ter essa questão do agrotóxico, que é complicado porque é uma coisa que a gente não vê, mas que futuramente os filhos vão acabar sentindo.

Mãe de duas filhas, Luzia Alves Carlos percebeu bastante diferença na imunidade, com menos gripe, virose, essas coisas, a partir da alimentação com produtos sem veneno adotada há cerca de cinco anos. O que consigo pegar na feira é tudo orgânico, ressalta a comerciante. Kalintia Selau, bancária e consumidora da Ecotorres, se orgulha de nunca ter dado papinha industrializada para o Martin, que teve o primeiro resfriado e tomou remédio pela primeira vez com um ano e três meses. O cuidado com a alimentação começou na gravidez, influenciado pela avó do menino.Minha mãe pegava sempre na feirinha (ecológica). Comecei pela banana, depois saladas, verduras. Quando comecei a introduzir a alimentação dele, aos seis meses, ia na cooperativa (Ecotorres).

Avós influenciam hábitos alimentares
As avós de Clara, de três meses, e Emily, de um ano e oito meses, também foram decisivas para que as meninas tenham assegurado desde cedo o acesso a alimentos livres de agrotóxicos. Clara ainda mama, mas se depender da avó Katia Mota da Rocha, sua primeira papinha será de vegetais orgânicos. Desde que vim morar em Torres, conheci a Ecotorres e a partir daquele momento eu sempre procuro só me alimentar de coisas orgânicas. É importante pra saúde. Hoje o índice de doença, principalmente de estômago e intestino esta comprovado que é por causa da alimentação e se a gente puder fazer o máximo de orgânico, com certeza vai ter uma saúde bem melhor. Já Emily está recebendo esta herança de saúde da avó paterna. Aprendi muito com minha sogra. Ela passou para mim e estou passando pra minha filha, diz a mãe Pamela Maia dos Santos.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br