Notícias
 
( 08/04/2015 ) Nota de repúdio à CTNBio exige cumprimento da Lei de Biossegurança
 


O Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos, formado por entidades da sociedade civil, órgãos governamentais, Ministério Público e representantes do setor acadêmico e científico elaborou uma nota de repúdio à atuação da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). Encaminhado para a Quarta Câmara da Procuradoria Geral da República no dia 7 de abril de 2015, o documento exige providências para que a Lei de Biossegurança nº 11.105/2005 seja cumprida e a CTNBio cumpra seu papel original de proteger a saúde humana, os organismos vivos e o meio ambiente.

Em 15 parágrafos, a nota aponta o descumprimento, pela CTNBio, da Política Nacional de Biossegurança, no que se refere à aprovação dos organismos geneticamente modificados (OGMs),

A nota na íntegra está no site do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e também da Campanha permanente contra os agrotóxicos e pela vida.

Nota encaminhada em data emblemática
Sete de abril é o Dia Mundial da Saúde e marca quatro anos de luta da Campanha permanente contra os agrotóxicos e pela vida.


   
 

Cursos

19/9
22 anos do Conselho das Associações Ecologistas de Ipê e 10 anos da Econativa Serra


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br