Notícias
 
( 20/03/2015 ) Representante da Ecovida avalia que contribuição do Planapo para a agroecologia ainda é modesta
 


Após participar da 10ª Reunião Ordinária da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Cnapo), nos dias 18 e 19 de março, em Brasília, o representante da Rede Ecovida de Agroecologia, Laércio Meirelles, avaliou que o movimento agroecológico ainda não foi contemplado integralmente pelo Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo).

Como exemplo, Meirelles cita o Projeto Ecoforte, para o qual estavam previstos R$ 175 milhões para 2014 e 2015, mas até agora somente um terço deste recurso teria sido utilizado. ¨Sentimos que não estamos sendo contemplados. Ficou muito menos do que a gente pediu e dentro desse pouco a gente vê que não será cumprido na íntegra¨.

Para o agrônomo, o Programa Nacional para Redução do Uso de Agrotóxicos (Pronara), um dos eixos do Planapo, também está muito modesto.

A matéria sobre a 10ª Reunião Ordinária da Cnapo está no site do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Leia mais na matéria de Naiara PontesRossetto defende produção agroecológica e orgânica como opção estratégica para o país.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br