Notícias
 
( 21/01/2014 ) Estudo aponta para riscos do decréscimo de micro-organismos no solo
 


No final do ano passado, a organização Grain divulgou um estudo de cientistas da Universidade de Colorado (EUA) sobre o decréscimo da população de micro-organismos em solos cultivados desde o século 19 nos Estado Unidos.

Segundo Noah Fierer, coordenador da equipe citado na matéria de Ambrose Evans-Pritchard, micro-organismos desempenham no solo um papel que não pode ser substituído por fertilizantes sintéticos.

Entre outras informações, o documento diz que produtos químicos podem manter a produtividade das culturas por um tempo , mas a ecologia complexa dos solos está sendo abusada demais e prejudicando o rendimento dos cultivos.

O documento apela para uma mudança completa como a "rota viável apenas para alimentar o mundo e mantê-lo habitável".

A matéria em inglês está no site da Grain.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br