Notícias
 
( 28/10/2013 ) Terapeuta relata experiência com transtornos de aprendizagem
 


Cada vez mais comuns na idade escolar, os casos de hiperatividade, hipoatividade, transtornos sensoriais foram abordados no Seminário Déficit de atenção tem solução, com a psicopedagoga Carin Primavesi Silveira. Realizado dia 22 de outubro no auditório da Prefeitura Municipal de Três Cachoeiras, o seminário reuniu aproximadamente 260 professoras de escolas do município e também de Morrinhos do Sul, Mampituba e Dom Pedro de Alcântara.

Conforme Carin, que há 28 anos soluciona problemas relacionados à aprendizagem, em 80% dos alunos o problema é psicopedagógico. "Vinte por cento pode ser atribuído a deficiências de minerais", enfatizou a psicopedagoga, que curou a hipoatividade de uma das três filhas principalmente com minerais e complexos vitamínicos.

Pilares da saúde e da aprendizagem
Para a psicopedagoga os três pilares da saúde são os pensamentos, a atividade física e a nutrição. "Os pensamentos comandam os sentimentos. Quando os pensamentos são negativos, o corpo entende esse pensamento como um inimigo e não aguenta, no órgão que a gente tiver um pouco mais fraco a gente adoece".

Atividade física é muito importante porque irriga todos os órgãos e produz cinco hormônios importantes.

Já a alimentação sadia produz uma mente sadia também, mas excessos de metais e desequilíbrios vitamínicos e minerais podem causar diversos transtornos, como agressividade e falta de concentração.

Os nutrientes que o corpo precisa devem vir de um alimento equilibrado, proveniente de um solo rico e que não precise da proteção de agrotóxicos ou mesmo outros recursos usados durante o processo de ecologização dos cultivos.

Quem educa são os pais
Em relação à aprendizagem, Carin ressaltou que o afeto forma as emoções, que criam os sentimentos que criam os pensamentos. "O afeto que vai criar condições para pensar".

As experiências positivas, sentir-se querida, aumenta o nível de serotonina e a criança se sente feliz e aprende mais. Mas o vínculo afetivo deve combinar com disciplina e limites.

Neste ponto, Carin esclarece que quem educa são os pais, responsáveis por estimular os filhos a participar das tarefas da casa para se sentirem parte da família.

Pais superprotetores ou que não aceitam os filhos como são também podem provocar sofrimentos nos filhos. "O torto pode ser a melhor forma de uma árvore crescer, sem ficar com mágoas, brigando porque quer que o outro seja do seu jeito".

O Seminário Déficit de atenção tem solução foi realizado pelo Centro Ecológico em parceria com Secretaria da Educação e Prefeitura Municipal de Três Cachoeiras A Sociedade Sueca de Proteção à Natureza (SSPN) apoiou o evento por meio do projeto Cultivando nosso clima: promovendo a produção e consumo de produtos ecológicos para esfriar o planeta, implementado pelo Centro Ecológico.


   
 

Cursos

23/7
Jornadas Ecológicas - Roda de conversa com Maria José Guazzelli


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br