Notícias
 
( 14/08/2013 ) Mulheres discutem rumos da agricultura ecológica no Litoral Norte do RS
 


Os limites e potencialidades da agricultura familiar de base ecológica foram os temas discutidos durante um encontro que reuniu agricultoras, ONGs e movimentos sociais com representantes da Secretaria de Desenvolvimento Rural, dia 13 de agosto na Comunidade de Raposa, em Três Cachoeiras, Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

“A ideia é documentar a realidade de cada uma, ouvir sobre os programas públicos de apoio à agricultura familiar e colocar nossas perguntas”, resumiu a agrônoma Ana Luiza Meirelles.

Entre as principais dificuldades, as mulheres apontaram falta de mão de obra, logística, volume de produção que viabilize a comercialização e o acesso a tecnologias e linhas de crédito.

Questões relacionadas à legislação para comercializar produtos processados e regularização fundiária também são entraves à atividade agrícola.

“O meio rural está se esvaziando de mulheres. Das mulheres que estão na agricultura poucas se dedicam a produzir” analisou a agricultora Elci da Paz Scheffer, a partir da observação que muitas até moram na roça, mas preferem gerar renda por meio de outras atividades nos centros urbanos mais próximos, especialmente no verão.

O que dá certo

Como exemplo do que pode dar certo, a agricultora citou o trabalho da Associação dos Colonos Ecologistas da Região de Torres (Acert), que há 23 anos comercializa de forma coletiva a produção de aproximadamente 30 famílias da região.

Programas de incentivo à agricultura familiar

Catia Bauer, do Movimento de Mulheres Camponesas, apresentou o Programa Camponês, um projeto piloto de financiamento proposto pela Via Campesina para incentivar desde a produção até a logística de distribuição e comercialização. Parte dos recursos é do BNDES e parte do Governo do RS.
Lecian Conrad, da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, falou sobre as possibilidades de acesso da agricultura familiar ao mercado institucional.
No final do encontro, as mulheres redigiram a Carta do Encontro de Mulheres do Litoral.
O Encontro de Mulheres do Litoral, realizado pela ONG Centro Ecológico e Movimento de Mulheres Camponesas (MMC) contou com a participação de entidades e agricultoras de Maquiné, Três Forquilhas, Morrinhos do Sul, Torres, Três Cachoeiras e Porto Alegre.


   
 

Cursos

23/7
Jornadas Ecológicas - Roda de conversa com Maria José Guazzelli


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br