Notícias
 
( 03/12/2012 ) Educação 10, Carbono Zero é lançado em escola do Litoral Norte do RS
 




Educação dez, carbono zero, é o nome do projeto que levou quatro escolas do Litoral Norte do RS a intensificar atitudes amigas do meio ambiente, como reaproveitar materiais, fazer compostagem, horta orgânica e melhorar a alimentação.

Uma destas escolas fica em Roça da Estância, no pequeno município de Mampituba, onde quinta-feira, 29 de outubro, estudantes, professores e comunidade, participaram de um grande evento sobre os temas ambientais trabalhados ao longo do ano.

Combustíveis fósseis alteram ciclo natural do carbono
Para explicar o nome do projeto e os motivos que levaram a ONG Centro Ecológico a propor que as escolas medissem e neutralizassem as emissões diárias de CO2, o agrônomo Laércio Meirelles fez uma palestra no salão comunitário. "O carbono está em tudo que existe, mas de uns 200 anos para cá o uso de combustíveis fósseis tem liberado na atmosfera o gás que estava armazenado embaixo da terra. Este excesso amplia a camada de gases de efeito estufa e gerando o aquecimento global que está provocando as mudanças climáticas".

Estudantes transformaram pesquisas em apresentações
Depois do almoço com ingredientes ecológicos, as turmas apresentaram teatros sobre alimentação saudável, instalações sobre água, ministraram uma sessão de ginástica laboral, mostraram as composteiras, a horta orgânica e as utilidades das ervas medicinais.

"Antes das a gente tomava remédio, agora a gente opta pelo chá", disse a aluna Natália Schardosim, uma das responsáveis pela apresentação dos canteiros construídos de acordo com os horários em que cada órgão do corpo humano está trabalhando mais.

Menos carbono, a vida toda
Para a educadora ambiental Stela Motter, esse tipo de conhecimento gerado a partir da ideia de neutralizar o CO2 é a parte mais importante do projeto. "Não são só as atitudes concretas que neutralizam carbono hoje. O mais importante é a conscientização das crianças porque talvez eles emitam menos carbono ao longo da vida deles".

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Martimiano Ferreira Alves integra a Teia de Educação Ambiental Mata Atlântica, uma rede de educadores de 15 escolas da rede pública do Litoral Norte do RS. Os trabalhos da Teia são apoiados pela Sociedade Sueca de Proteção à Natureza (SSPN).

Lançamento de duas escolas será na Festa do Açaí
As escolas São Jorge e João Steigleder (Morrinhos do Sul) terão seus lançamentos durante a Festa do Açaí, agendada para 12 de dezembro, quarta-feira, em Morrinhos do Sul.


   
 

Cursos

5/12
Encontro Estadual da Cadeia de Frutas Nativas
11/12
Encontro de Mulheres do Litoral


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br