Notícias
 
( 24/04/2012 ) Educadoras da Teia discutem Consumo Responsável
 


Por que educar para o consumo responsável? foi o tema da 24ª etapa de formação da Teia de Educação Ambiental Mata Atlântica, realizada no Centro de Formação Pastoral em Dom Pedro de Alcântara, no Litoral Norte do RS, na tarde do dia 24 de abril.

"O consumo pode ter ações individuais, até por escola , por comunidade", explicou a agrônoma Ana Luiza Meirelles, que iniciou sua palestra falando sobre alimentação e o problema da contaminação por agrotóxicos apontada pela Anvisa através do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos (PARA).

De acordo com Ana Luiza, a escolha da nossa alimentação depende da informação que temos sobre os impactos causados pelos alimentos na nossa saúde, no meio ambiente e na sociedade. "Quando você escolhe alimentos sem agrotóxicos, você não contamina o meio ambiente, privilegia a agricultura familiar de base ecológica e faz bem para a própria saúde."

Na opinião da professora de séries iniciais Deisi da Cunha Mengue, de Dom Pedro de Alcântara, trabalhar o consumo é uma forma de passar para os alunos uma maneira mais responsável de viver, ter uma melhor qualidade de vida pensando também nas gerações futuras. Deisi aproveitou o Dia do Livro para introduzir a sacola de leitura que os alunos levam para casa para ler com os pais. "Dentro da sacola vão livros, reportagens, materiais do Centro Ecológico sobre Educação Ambiental, para que os pais leiam com os filhos e relatem no diário de bordo, que será lido na sala de aula."

A professora Dinara Borges Carlos, de Morrinhos do Sul, disse que nas escolas onde trabalha - João Steigleder e São Jorge -, o tema consumo responsável já é abordado, mas a palestra forneceu mais detalhes e mais segurança para integrar o assunto nas atividades.

Após a palestra, os participantes conversaram sobre a participação das escolas na Feira da Biodiversidade e das professoras no Seminário de Educação Ambiental agendados para o inicio de junho, em Três Cachoeiras.

A etapa reuniu 55 inscritos, a grande maioria educadoras da rede pública de Morrinhos do Sul, Três Cachoeiras, Torres, Mampituba e Dom Pedro de Alcântara.

A Teia de Educação Ambiental Mata Atlântica tem o apoio da Rede Terra do Futuro. Com sede na Suécia, esta rede integra organizações da América Latina, Caribe, África e Ásia. No ano passado, as organizações da America Latina e Caribe iniciaram uma campanha de conscientização para o Consumo Responsável, onde o Centro Ecológico faz parte da coordenação.


   
 

Cursos

5/12
Encontro Estadual da Cadeia de Frutas Nativas
11/12
Encontro de Mulheres do Litoral


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br