Notícias
 
( 12/12/2011 ) Biodiversidade, sustento e culturas 70 disponível em Boletins
 


As atividades produtivas do campesinato ainda são difíceis de mensurar, mas estima-se que entre 70 e 85% dos alimentos produzidos são consumidos na própria região ecológica, fora do chamado "sistema alimentar mundial".

Isso significa que um enorme grupo de pessoas - estimado em 3 bilhões - distribuído em comunidades com pouca terra, é quem, de fato, alimenta o mundo.

Por que, então, esta não parece ser a percepção geral? Por que as políticas públicas internacionais e nacionais, as grandes iniciativas como a Revolução Verde e, agora, a AGRA, empenham-se em desacreditar os camponeses, e criminalizar suas sementes nativas e seus saberes, com leis nefastas que atentam contra 10 mil anos de agricultura camponesa?

Essas e outras questões como alimentos e mudanças climáticas, mudanças climáticas e cultivos ecológicos,hortas urbanas e a crise alimentar mundial, estão na publicação Biodiversidade, sustento e culturas 70 disponível em Boletins Informativos.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br