Notícias
 
( 12/04/2011 ) Educadores ambientais planejaram ações para 2011
 


O planejamento de ações integradas a projetos de Educação Ambiental para 16 escolas da região foi o principal resultado da 11ª Etapa de Formação da Teia de Educação Ambiental Mata Atlântica, realizada na tarde de quarta-feira 6, no Centro Regional de Formação Pastoral em Dom Pedro de Alcântara.

Denominado Avaliação, planejamento, metodologia e experiências de Educação Ambiental, a etapa envolveu 47 pessoas - em sua grande maioria professoras da rede pública de Morrinhos do Sul, Mampituba, Dom Pedro de Alcantara, Três Cachoeiras e Torres.

Reunião teve avaliação positiva e apresentação de trabalhos das escolas
Na avaliação do professor do curso de Biologia da Ulbra Torres, Christian Linck, o encontro foi ótimo: “Foram apresentados os novos professores que farão parte do quadro, mostrando que estamos aumentando com força, ano a ano. Depois foram apresentadas as atividades que a Teia vem realizando nos últimos anos, bem como seu histórico”.

A preparação para o 3º Seminário Regional de Educação Ambiental , a inserção da Teia na Rede Ecovida de Agroecologia , a participação na Feira da Biodiversidade e o intercâmbio de experiências entre as escolas, foram outros temas discutidos.

As escolas São Jorge (Morro do Forno/Morrinhos do Sul), Fernando Ferrari (Chimarrão/ Três Cachoeiras) e Manoel João Machado ( São Brás/ Torres), apresentaram atividades relacionadas a agrofloresta, hortas e o livro Nina e os Passarinhos que foram desenvolvidas através de projetos planejados para todo o ano letivo.

Metodologia faz a diferença
Para Stela Motter, coordenadora desse eixo de trabalho na ONG Centro Ecológico, foi muito importante rever a metodologia de projetos de forma que professoras possam elaborar um planejamento em que as atividades de Educação Ambiental não fiquem soltas e sim integradas dentro de uma proposta comum da escola: “Esse é o diferencial de qualidade dos projetos da Teia, que trazem resultados concretos para os problemas ao final de cada projeto”, pontuou Stela.

Presenças
Além das professoras, estavam presentes nesta etapa um doutorando em Educação pela PUC de Porto Alegre, representantes das Secretarias de Educação de Dom Pedro de Alcântara e Três Cachoeiras, Departamento do Meio Ambiente de Três Cachoeiras, ONG Onda Verde e Rede Terra do Futuro da Suécia.

A Teia de Educação Ambiental Mata Atlântica iniciou em 2005 e com a participação de cerca de 40 educadoras e educadores do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. As atividades têm o apoio da conta com da Sociedade Sueca para Proteção da Natureza (SSPN) através do projeto Cultivando nosso clima:promovendo a produção e consumo de productos ecológicos para esfriar o planeta, implementado pelo Centro Ecológico.


   
 

Cursos

5/12
Encontro Estadual da Cadeia de Frutas Nativas
11/12
Encontro de Mulheres do Litoral


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br