Notícias
 
( 20/12/2010 ) Feira Ecológica de Torres completou sete anos com produtos no conceito quilômetro zero
 


No início do mês o programa Globo Repórter mostrou o Mercado Quilômetro Zero, na Toscana, Itália, onde agricultores que moram no máximo a 10 ou 15 quilômetros de distância vendem produtos frescos, sem agrotóxicos ou conservantes, para os consumidores urbanos.

Em Torres, desde dezembro de 2003, os moradores e visitantes têm acesso a alimentos orgânicos, produzidos em comunidades localizadas a não mais que 30 quilômetros, na Feira Ecológica Lagoa do Violão. A data foi comemorada no último sábado, 18, com sucos e bolos ecológicos.

Segundo o coordenador do Centro Ecológico, Laércio Meirelles, os mercados locais e a Agroecologia são respostas para os dois maiores problemas da humanidade, que é a fome de mais de um bilhão de pessoas e o aquecimento global: “a distribuição local de alimentos emite menos gases de efeito estufa e coloca os consumidores mais próximos de quem produz, evitando o desperdício e os intermediários”.

Mais qualidade na vida
Se para os consumidores e o meio ambiente a feira oferece qualidade de vida pelo cultivo sem venenos e redução de CO2 na atmosfera, para os agricultores a proximidade vale uma noite de sono e mais segurança: “é mais confortável porque é mais perto. Quando a gente viaja menos, tem menos risco e pode descansar de noite”, disse Tobias Fernandes, que mora na comunidade da Raposa em Três Cachoeiras, a cerca de 20 quilômetros de Torres.

Consumidores mais conscientes
Nestes sete anos, Tobias também observou mudanças no comportamento dos clientes: as pessoas estão mais conscientes , usando mais sacolas de pano, reduzindo as embalagens plásticas e também tem a adesão de mais consumidores aos produtos agroecológicos.

Natal antecipa feira para sexta
Nesta semana a feirinha será na sexta-feira, com o sorteio de sacolas de pano e camisetas para os participantes de uma ação realizada em parceria com a EcoTorres para reduzir o uso de plásticos. A promoção tem o apoio do projeto Produção de Açaí para Geração de Renda e Preservação da Mata Atlântica, implementado pelo Centro Ecológico com recurso do Banco Mundial.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br