Notícias
 
( 26/03/2010 ) Oficinas de quintais propõem alternativas para melhorar qualidade de vida em Mampituba
 


No dia 03 de março o Centro Ecológico reiniciou as oficinas de quintais agroflorestais em Mampituba, no Litoral Norte do RS. Até o dia 25 foram realizadas cinco oficinas teóricas em cinco localidades: sede, Rio da Panela, Rio do Meio, Taquaruçu e Roça da Estância. Nesta etapa o objetivo é despertar o interesse das comunidades e capacitá-las a definir quais serão suas prioridades ao longo do ano.

O grupo do Rio do Meio por exemplo, escolheu trabalhar hortas, tear e produtos artesanais com fibras da bananeira. As famílias da Roça da Estância vão elaborar o composto Bokashi, pois acham importante ter o próprio adubo para as hortas. Em Taquaruçu serão trabalhados o manejo do solo e preparação dos canteiros para as hortas com recursos naturais locais como pedras e bambu. O grupo do Rio da Panela quer trabalhar manejo de hortas e oficinas para utilização adequada do bambu.

A maioria dos participantes são mulheres e beneficiárias do Bolsa-Família, incentivadas pela Prefeitura Municipal que desde o ano passado apoia estas atividades: “Estamos conseguindo motivar as famílias, as mulheres,homens e até mesmo a crianças,despertando o interesse em relação à produção de hortaliças,frutas, melhorando o visual da propriedade,a industrialização caseira de alimentos,confecção de artesanato utilizando fibra de bananeira e material reciclável,possibilitando uma alimentação saudável e também melhorando a renda das famílias.Paralelo a tudo isso se trabalha a educação ambiental e a necessidade de preservar para produzir vida e saúde, avaliou a vice-prefeita Ana Moro.

A rodada teórica prevê a realização de mais sete encontros em 14 comunidades e também na sede.

Confira abaixo o conteúdo que está sendo trabalhado nas palestras:



    Saneamento básico: proteção de fontes , água e esgoto. A importância de fazer a proteção das fontes instalar o filtro, o saneamento ecológico. Mostra os sistemas já implementados em Mampituba. De que forma o saneamento evita a contaminação do solo, da água e do meio ambiente, evitando a proliferação de doenças transmitidas pela água.

    Biodiversidade: preservação das variedades crioulas, da biodiversidade da Mata Atlântica, valorizando o conhecimento local e os alimentos da biodiversidade local como batatas-cará e receitas que podem ser preparados com elas. A introdução de novas variedades de plantas para alimento: acerola, carambola, lichia, outras frutas que podem enriquecer o pomar e diversificar a ingestão de nutrientes.

    Gestão de resíduos sólidos, utilizando o que tem dentro da propriedade, estercos de animais, lixo da cozinha, poda de árvores e de grama, folhas de árvores. Como fazer com postagem, minhocário,

    Melhoramento da aparência da propriedade : de acordo com a intenção do município de trabalhar o turismo rural um dos conteúdos dá ênfase à organização e embelezamento do entorno da casa , melhorando a aparência com jardinagem, retirada de resíduos não-orgânicos, cultivo de flores e canteiros.

    Geração de renda com agroindústria caseira: processamento de frutas , pensando não somente no alimento da família, mas também na comercialização. Produção de derivados de banana e cana. Produção de café, açaí, plantas ornamentais, artesanato com fibra de bananeira e excedente de hortaliças que poderá ser comercializado para alimentação escolar.


As Oficinas de Quintais Agroflorestais são viabilizadas através do projeto Soberania Alimentar e Geração de Renda no Litoral Norte do RS e Sul de SC, com recursos da Heifer Internacional – Programa Brasil –Argentina.


Na foto acima uma oficina teórica na comunidade da Roça da Estância.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br