Notícias
 
( 16/12/2009 ) Sistema Laranjal de tratamento de esgoto domiciliar implementado em duas propriedades no Litoral
 


Somente no Brasil, três crianças morrem por dia devido a alguma doença relacionada à falta de saneamento básico e qualidade imprópria da água. No entanto, bem perto de nós, já existem soluções ecológicas e de custo bastante acessível para este grave problema de saúde pública.

Na quarta-feira, 9 de dezembro, mais duas propriedades do município de Mampituba - Litoral Norte do RS-, sediaram a Oficina de Saneamento Básico Ecológico e instalaram um sistema que permite purificar a água de um jeito simples e barato.

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Obras, fez as escavações. O Centro Ecológico entrou com o conhecimento técnico, mão-de-obra e materiais necessários. As famílias de Malaquias Klein na Roça da Estância e de Altemir Silveira da Costa no Rio da Panela fizeram as honras da casa e no final do dia contavam com um sistema de tratamento de esgotos no modelo conhecido como Sistema Laranjal.

Este sistema consiste em quatro reatores biológicos, que são compartimentos fechados e que não permitem vazamentos, os quais são preenchidos com bambu seco, cascote e brita. A função da taquara e da brita é condicionar o ambiente ideal para os microorganismos que ali vão se fixar e fazer uma fermentação benéfica e utilizando o esgoto como alimento. Tais microorganismos têm a capacidade de tratar o esgoto domiciliar e matar os organismos patogênicos como verminoses, coliformes, viroses, dentre outros tantos que poluem o meio ambiente e causam doenças às pessoas e animais. Depois de passar por estes por esses quatro reatores biológicos, as águas são depositadas num sistema de tratamento de raízes onde os nutrientes são aproveitados pelas plantas para produzir alimentos como banana, chuchu ou outra planta de hábito alto. Além disso, a água evapo-transpirada pelo clima e pelas plantas retorna ao ambiente como vapor para cair novamente em forma de chuva, e desta forma fechando seu ciclo na natureza.

As oficinas de Saneamento Básico Ecológico são atividades do projeto Soberania Alimentar e Geração de Renda no Litoral Norte do RS e Sul de SC, implementado pelo Centro Ecológico com apoio da Heifer Internacional - Programa Brasil Argentina.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br