Notícias
 
( 26/05/2009 ) Estudantes participam de oficina de comunicação através de projeto apoiado pela Rede Terra do Futuro
 


Já faz mais de cem anos que no Brasil o Padre Landell de Moura testou a primeira transmissão de sinais sonoros sem o uso de fios. Hoje a tecnologia wireless é usada em diversos aparelhos, mas o rádio, quem diria, não perdeu a capacidade de se comunicar com os mais diversos públicos.
Por isso mesmo, uma turma de adolescentes da oitava série do ensino fundamental da Escola Estadual Manoel João Machado, do bairro São Brás, zona rural do município de Torres, decidiu reativar a rádio que animava os recreios. Mas agora não querem só diversão. Sensibilizados pelo projeto Desenvolvendo a agricultura familiar ecológica – soluções ambientais para problemas sociais em comunidades rurais do RS - do qual participam desde ano passado, querem informar os colegas de outras séries sobre meio ambiente, cidadania, comportamento, alimentação saudável, entre outros temas devidamente embalados numa roupagem identificada com os alunos e alunas da escola.
Para atingir esse nível de exigência, participaram de uma oficina de comunicação – módulo rádio, promovida pelo Centro Ecológico na manhã do dia 25 de maio. Em grupos, os estudantes criaram um nome provisório para o programa, com slogan, proposta de abertura e encerramento, vinheta para o quadro de notícias e até peças publicitárias sobre a importância da prática de atividades físicas.
O desafio agora é produzir e conectar o que foi criado, transformando o exercício da oficina num programa de verdade.
A rádio já tem um nome: MJM – votado anteriormente na escola.
A próxima oficina será sobre materiais gráficos, para capacitar os estudantes a elaborar boletins informativos e jornais sobre temas ambientais.
O projeto Desenvolvendo a agricultura familiar ecológica – soluções ambientais para problemas sociais em comunidades rurais do RS está sendo implementado pelo Centro Ecológico desde julho de 2007 em parceria com o Cetap – Centro de Tecnologias Alternativas Populares. O projeto é financiado pela Framtidsjorden - Rede Terra do Futuro. Seu objetivo geral é a capacitação de agricultores e agricultoras familiares e comunidades escolares visando o conhecimento e a adoção de tecnologias sustentáveis para produção de alimentos ecológicos e a promoção da conservação ambiental, proteção dos recursos hídricos e o aumento de renda no meio rural.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br