Notícias
 
( 03/10/2008 ) Açaí da Mata Atlântica terá incentivo de instituições de fomento internacional
 


Dia 26 de setembro, em Washington D.C., EUA, o projeto Produção de Açaí para Geração de Renda e Preservação da Mata Atlântica, idealizado pelo Centro Ecológico, foi um dos 22 contemplados por um programa de fomento organizado pelo Banco Mundial.

Neste ano, a competição global chamada Development Marketplace foi co-patrocinada pelo Banco Mundial, Global Environment Facility (GEF), Corporação Financeira Internacional ( IFC, por sua sigla em inglês), Fundação de Bill e Melinda Gates e a Agência de Cooperação Alemã GTZ.

A proposta é apoiar novas idéias voltadas para a solução de velhos problemas, como produção de alimentos de forma sustentável e geração de renda.

Em junho, o projeto do Açaí foi pré-selecionado entre 1.800 propostas de todo mundo e ficou entre cem finalistas. Na semana passada, o agrônomo André Gonçalves fez sua apresentação para as comissões julgadoras durante o evento.

Os ganhadores representam 16 países, a maioria da América Latina e Caribe, seguidos pela Ásia e África. O Brasil concorria com cinco projetos , somente dois foram contemplados: um para a Amazônia e este para a Mata Atlântica.

A partir de 2009, os recursos deste programa viabilizarão os empreendimentos já iniciados pela Econativa – Cooperativa Regional dos Produtores Ecologistas do Litoral Norte do RS e Sul de SC – na produção, processamento e acesso aos canais de distribuição para o açaí da palmeira juçara.


   
 

Cursos

20/11
Plenária do Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia
21/11
Curso Princípios Básicos em Agricultura Ecológica


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br