Notícias
 
( 18/09/2018 ) Organizações articulam estratégias para frutas nativas e produção agroflorestal
 

Foto: mutirão de manejo agroflorestal na propriedade do agricultor Idarci, do grupo Ecocampos

A Câmara de Agroflorestas da região dos Campos de Cima da Serra, reuniu-se nos dias 10 e 11 de setembro de 2018 em Vacaria, no nordeste do Rio Grande do Sul, para discutir estratégias de desenvolvimento da produção de frutas nativas e de agroflorestas. No dia 10, no Centro da cidade, o primeiro encontro discutiu a revitalização dessa câmara temática, novos projetos em desenvolvimento na região, propostas de cursos e oficinas, planejamento de ações nos eixos de produção, processamento, educação, comercialização e comunicação para desenvolver o trabalho com agroflorestas e frutas nativas na região.

Na manhã do segundo dia, num local chamado Capão do Índio, foi realizado o Encontro do Coletivo de Agroflorestas. Na pauta, houve a avaliação do funcionamento do Fundo Rotativo para agricultores inseridos nas áreas da Cadeia Solidária de Frutas Nativas. O recurso desse fundo visa apoiar o desenvolvimento da gestão das agroflorestas com equipamentos e também capital de giro para a compra de frutas e outras ferramentas. As atividades previstas no Projeto Nexus - em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) -, foi outro ponto abordado. Durante a tarde, o Encontro Coletivo de Agroflorestas participou de mutirão de manejo na agrofloresta do agricultor Idarci, do grupo Ecocampos.

A Câmara de Agroflorestas é uma das câmaras temáticas do Território dos Campos de Cima da Serra, um dos 18 territórios do Estado do Rio Grande do Sul. Seus membros representam diferentes organismos governamentais e não governamentais. Nessa reunião por exemplo, estiveram representados a Cadeia Solidária de Frutas Nativas, o Centro de Tecnologias Alternativas Populares (Cetap), Centro Uruguayo de Tecnologías Apropiadas (Ceuta), Centro Ecológico, de universidades, a Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR), os grupos de agrcultura ecológica Ecocampos, Ecoterra e Ecourtiga.

Ao todo eram 40 pessoas, lideranças e representantes de setores que integram esse conjunto para construir alternativas de desenvolvimento dos sistemas agroflorestais, produção e uso sustentável de frutas nativas. Mais uma vez, a articulação em redes e grupos humanos diversos e multissetoriais promoveram grande riqueza em debates e troca de conhecimento. O Projeto Rural Sustentável e o Projeto Nexus apoiaram as reuniões.

Em espanhol, essa notícia está no site do Ceuta: ENCUENTRO DE LA CÁMARA TEMÁTICA DE LA AGROFLORESTA e INTERCAMBIO DE SABERES




   
 

Cursos

5/10
Green Action Week (GAW) 2018
7/11
Encontro da Teia de Educação Ambiental Mata Atlântica - Educar pela pesquisa: o desafio da práxis


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br