Artigos

(21/10/2016) TRANSGÊNICOS E SEUS RISCOS: A CIÊNCIA A SERVIÇO DA INDÚSTRIA QUÍMICA

No decorrer do desenvolvimento capitalista, também a semente tornou-se uma mercadoria. Enquanto, historicamente, a semente foi para o agricultor apenas parte guardada da última colheita, atualmente ela se tornou mais um insumo que precisa ser comprado. Sob uma nova ótica, as possibilidades oferecidas pelos transgênicos aprofundam a mercantilização das sementes, alterando, assim, o seu valor de uso, de tal maneira que acabam por gerar relações cada vez mais dependentes. Com a semente transgênica, os agricultores acabam comprando, necessariamente, o controle e a determinação externos à sua propriedade. De fora, é determinado o que deve ser cultivado e que insumos serão utilizados no processo de produção. A utilização de plantas transgênicas conduz a uma monopolização inédita do mercado agrícola, assim como a uma maior inserção das relações capitalistas na agricultura familiar e, consequentemente, a uma exclusão ainda maior dos agricultores.

 voltar

Adquira aqui o artigo completo. (159.6552734375 Kb)
 

Notícias 

Projeto de grupo de mulheres é bem avaliado pela entidade apoiadora

O Filhas da Terra, um dos 20 grupos do Movimento de Mulheres Camponesas (MMC) no Litoral Norte do Ri...



História das farmacinhas do Litoral Norte do RS está em Boletins Informativos

No final dos anos 1980, algumas mulheres do Litoral Norte/RS começaram a atuar em espaços como clube...


 

Ipê-Serra - Rua Luiz Augusto Branco, 725 - Bairro Cruzeiro / Cep: 95.240-000 / Ipê - RS / Fone: 0xx (54) 3233.16.38 / E-mail: serra@centroecologico.org.br
Litoral Norte - Rua Padre Jorge, 51 / Cep: 95.568-000 / Dom Pedro de Alcântara-RS / Fone/fax: 0xx (51) 3664.02.20 /E-mail:litoral@centroecologico.org.br